terça-feira, 15 de outubro de 2013

Resenha: A Mediadora 01- A Terra das Sombras

Oi pessoal hoje venho com a resenha do primeiro livro da série A Mediadora da Meg Cabot, mas eu queria dizer antes que gostaria muito de ter postado uma outra resenha antes que é do livro Louca por você da Fernanda Belém, mas infelizmente ela ainda não ficou pronta né, é em vídeo, mas logo que eu termina-la estarei postando ela aqui no blog. Então vamos a resenha.

Titulo: A Mediadora: A Terra das Sombras
Autora: Meg Cabot
Editora: Galera Record
Páginas: 284

Sinopse: Suzannah é uma adolescente aparentemente comum que tem um problema com construções antigas. Não é para menos. Afinal, muitas dessas casas velhas são assombradas. E Suzannah é uma mediadora, uma pessoa capaz de ver e falar com fantasmas para ajudá-los a descansar em paz. É claro que esse dom lhe traz muitos problemas. Mas nem ela poderia saber a gravidade do que encontraria ao mudar-se para Califórnia. (Skoob)


Bom hoje eu vim falar o que achei sobre o primeiro livro da série da Meg, como creio que já deve ter dado para perceber no meu post li até a pagina 100 e... que eu amei o livro ele é super em tudo na minha humilde opinião.

O livro começa com Suzannah Simon se mudando para a Califórnia, mas especificamente para Carmel, sua mãe havia se casado novamente, e o sortudo havia sido Andy que tem três filhos Soneca (Jake), Duga (Brad) e Mestre (David), então Suzannah de filha única passa a ter três meios-irmãos. Só que ela não era como toda adolescente normal, pois ela fala e vê gente morta. Por isso ao chegar em seu novo lar se depara com o fantasma de um cara bem gatinho lá, mas eles esta morto mais ou menos há 150 anos, só que os problemas de Suzannah não estão em casa e sim na sua nova escola, a Academia da Missão de Junipero Serra, onde ela encontra outro mediador e o fantasma raivoso de uma garota que havia se matado.

Para a surpresa da nossa querida mediadora ela faz amigos Cee Cee e Adam seus amigos inseparáveis  e acaba tipo se tornando popular ao salvar a vida de Bryce Martinson, o ex namorado da Heather que agora assombrava a sua escola na tentativa de matar Bryce, com isso Suze consegue um encontro com o ex da morta e ser indicada a vice-presidente da sua turma, as coisas andavam bem para Suzannah, mas isso só despertou a ira de Heather que começa a ameaçar não somente a vida de Bryce, mas de todos que estão na Missão.

Dá para imaginar como deve ser a vida da Suzannah né eu não a culpo por ser durona e gostar de dar um chute no trazeiro dos fantasmas, mas enfim eu não quero contar muito, pois fica chato né as pessoas contando spoilers dos livros que você quer ler, mas creio que já dá para ter uma noção de como é o livro.

Ele tem uma escrita leve, bem jovem na minha opnião, é uma daqueles livros que você pega pra ler e não larga até que chegue ao fim, eu to amando a série e é claro que não podia deixar de indicar para vocês também né, pois a Meg Cabot já se tornou minha diva junto da J.K, espero que vocês tenham gostado. Beijos



quinta-feira, 18 de julho de 2013

Resenha: Simplesmente Ana

Titulo: Simplesmente Ana
Autora: Marina Carvalho
Editora: Novo Conceito
Gênero: Romance
Paginas: 304

Sinopse: Imagine que você descobre que seu pai é um rei. Isso mesmo, um rei de verdade em um país no sudeste da Europa. E o rei quer levá-la com ele para assumir seu verdadeiro lugar de herdeira e futura rainha… Foi o que aconteceu com Ana. Pega de surpresa pela informação de sua origem real, Ana agora vai ter que decidir entre ficar no Brasil ou mudar-se para Krósvia e viver em um país distante tendo como companhia somente o pai, os criados e o insuportável Alex. Mudar-se para Krósvia pode ser tentador — deve ser ótimo viver em um lugar como aquele e, quem sabe, vir a tornar-se rainha —, mas ela sabe que não pode contar com o pai o tempo todo, afinal ele é um rei bastante ocupado. E sabe também que Alex, o rapaz que é praticamente seu tutor em Krósvia, não fará nenhuma gentileza para que ela se sinta melhor naquele país estrangeiro. A não ser… A não ser que Alex não seja esta pessoa tão irascível e que príncipes encantados existam. Simplesmente Ana é assim: um livro divertido, capaz de nos fazer sonhar, mas que — ao mesmo tempo — nos lembra das provas que temos que passar para chegar à vida adulta. (Skoob)


Esta é minha primeira resenha e eu não sei como vou me sair, mas vamos ver né. E eu escolhi o meu primeiro livro nacional lido, Simplesmente Ana da nossa querida Marina Carvalho, no livro conhecemos Ana uma garota super normal, com amigos, esta na faculdade, até que ela recebe uma mensagem no Facebook " Desculpa, mas acho que sou seu pai" imagina só a reação dessa garota que cresceu sem pai, e de repente ele aparece mandado uma mensagem pelo face, bem isso ia ser bem estranho, mas eu ia achar super legal se fosse comigo, ainda mais ela descobre que ele é um rei, eu realmente ia amar se isso acontecesse comigo.

Ela viaja para Krósvia para conhecer o país de seu pai, e acaba conhecendo Alex enteado de seu pai, nem preciso falar que ele era super lindo e demais né, me apaixonei por ele. Há vários acontecimentos incríveis, e é muito divertido, ri demais com a Ana, não posso falar os detalhes, pois se deixar eu conto o livro todo, posso dizer que acontece um babado que vou te contar.... é eu não posso contar. Mas posso dizer que muitas coisas acontecem em Króvia. Todo os personagens são super legais e cativantes, adorei todos, exceto Nome de Cachorro, adorei esse apelido caiu bem, mas acho que ninguém vai gostar mesmo dela.

Mas enfim o livro é super divertido, muito lindo e fofo, aconselho muito a ler. A leitura é super gostosa e quando você vê já terminou o livro comigo foi assim, acabou e eu queria muito mais, a Marina escreve de um jeito sabe não tem como explicar espero ansiosamente pelo segundo livro.

                                                          
                                           

Dia de Chuva dia de poema #1

Boa tarde pessoal, nossa eu ando muito sumida, então eu vim aproveitar esse dia de chuva, e sem ônibus que não deu para ir trabalhar, e aca...