sexta-feira, 7 de março de 2014

A luz da minha vida- Glaucia Santos

E ai povo 
Encontrei essa resenha nos meus arquivos, já para ser minha primeira resenha de 2014, mas infelizmente eu me esqueci não deu, isso me entristeci a minha falta de memoria, sou tão nova hehehe mas vamos ao que interessa a resenha.


Filha de um famoso maestro falecido, Anna Maria Smith é uma violinista que viveu 19 anos na escuridão. Aos cinco anos sofreu um acidente e perdeu a visão. Por toda a vida foi protegida pelos pais e sofreu com o preconceito das pessoas, mas tudo se transforma quando se muda para Nova Iorque, para trabalhar em uma das filarmônicas mais famosas do mundo. Lá, Anna conhece o inglês Richard, um médico lindo, carinhoso e apaixonado. A partir desse amor, ela verá o mundo com outros olhos e também sofrerá com os perigos que essa cidade lhe oferecerá. (Skoob)


Na historia conhecemos Anna Maria Smith uma violinista cega que esta de mudança para Nova York e sua mão super protetora não gosta da ideia. Ela entra para o concerto do Maestro Derrier que foi grande amigo do seu pai, as pessoas vivem dizendo que ela só conseguiu entrar porque seu pai um maestro muito famoso enquanto vivo, era amigo de Maestro Derrier, mas Anna tem talento.
E é nesse novo mundo vivendo longe da mãe, somente ela, Zefa a sua baba e seu cão-guia que Anna conhece Richard um ginecologista pelo qual ela fruta sentimentos desde o momento que o conheceu, o modo como ela conhece o homem da sua vida é meio constrangedor na minha opinião, pois não seria nada legal conhecer o cara que você viria amar daquela maneira pelo menos eu sentiria muita vergonha (mas se fosse o preço a pagar para conhecer o Richard eu aceitaria rsrsrsrsrs).
Só que coisas começam a acontecer, um assassinato acontece e Anna é a única testemunha, mas ela é cega não viu o assassino, mas sentiu o seu cheiro, e corre perigo enquanto luta para recuperar a sua visão, e acaba se tornando uma obsessão para um serial killer, mais mortes e nada do assassino, e sua vida amorosa corre perigo com a chegada da sua mãe super protetora e interesseira .

O livro é cheio de surpresas, é narrado em terceira pessoa, uma leitura muito leve e gostosa, você pega o livro para ler e não consegue parar até que se tenha terminado, mas um livro nacional que eu adorei muito, estou a cada dia mais impressionada com nosso autores, os personagens são encantadores. Eu indico muito esse livro. *-*

Quote:
"- Eu vou beijá-la. Não suporto mais não beijá-la. Se não me quiser, apenas me diga e eu vou embora. Se não falar nada, entenderei como um sim e não sairei da sua vida nunca mais Ann."

Beijos!!!

quinta-feira, 6 de março de 2014

Cidade Dos Ossos- Cassandra Clare

Boa tarde povo lindo,
 Tem um tempão que não posto uma resenha, tem um monte de livos que eu li, mas não postei nenhum resenha dele, vou tentar posta-las aqui no blog, já que estarei em meu período de sacrifício, pois é quaresma irá me sobrar tempo, mas vamos ao que interessa, li meu primeiro livro da Cassandra Clare, Cidade dos osso, o primeiro livro da Série os Instrumentos mortais, e ai vamos ver o que eu achei?

                                                 
 Um mundo oculto está prestes a ser revelado... Quando a jovem Clary decide ir para Nova York se divertir numa discoteca, ela nuca poderia imaginar que testemunharia um assassinato - muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece no ar e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer... Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria. (Skoob)



Bom esse é o primeiro livro que leio da autora como eu já tinha dito antes, e devo dizer que ele estava na minha estante há um tempo, para ser mais clara desde Agosto de 2013, só que não tive coragem de lê-lo até hoje porque assisti ao filme primeiro e este não me agradou nem um pouquinho, mas o livro é bom, eu gostei. Não irei contar muita coisa, pois eu não gosto de spoilers e tenho certeza que tem outras pessoas que não leram o livro também.
Em Cidade dos ossos conhecemos Clary, uma jovem normal até então, só que tudo muda quando ela vai em uma festa chamada Pandemônio com o seu amigo Simon, e lá se depara com a morte de um garoto lindinho de cabelos azuis hehehe só que seu corpo desaparece simplesmente evapora, bem ali na sua frente, e não há como provar que aquele grupo de pessoas de preto, com armas estranhas são assassinos, e eles começam a falar coisas estranhas sobre demônios, seu amigo aparece e é ai que ela percebe que somente ela pode ver esse povo estranho.
Clary tenta então esquecer esse acontecimento, mas não há como, pois sua mãe desaparece e a única ajuda que ela recebe é de um dos assassinos da noite passada, Jace  uma caçador das sombras um tanto metido, mas um personagem que me encantou, prefiro ele do que a Clary, ela é meio bestinha na minha opinião, não percebe coisas que estão na cara, coitado do Simon, mas enfim depois do desaparecimento da mãe de Clary, e a suposta volta de Valentim um ex caçador das sombras que deseja possuir o Cálice Mortal, que tem o poder de criar outros caçadores.
Bom eu gostei de ler o livro, tem muitas coisas legais que acontecem nele que não colocaram no filme, acho que se o filme fosse mais parecido com o livro eu teria gostado, não é um livro favorito para mim, mas é uma leitura gostosa, cheia de aventuras e magia hahaha eu sei Jace vocês não fazem magica, mas não sei que palavra utilizar para descrever hahahahaha 
Eu recomendo muito o livro, e é claro que quero ler os outros livros.

 Quotes:
"- O mais engraçado nos mundanos- disse Jace, para ninguém especificamente- é quão obcecados por mágica eles são, considerando que são pessoas que nem conhecem o significado dessa palavra.
- Eu sei o que significa- disparou Clary.
- Não, você não sabe, só pensa que sabe. Mágica é uma força escura e elementar, não só um monte de varinhas brilhantes, bolas de cristal e peixinhos dourados falantes."

"Hodge fechou a cara.
- Não é fácil trair aquilo em que se acredita, aqueles que confiam em você."

Beijos!!! *-*

Dia de Chuva dia de poema #1

Boa tarde pessoal, nossa eu ando muito sumida, então eu vim aproveitar esse dia de chuva, e sem ônibus que não deu para ir trabalhar, e aca...